top of page
Buscar
  • Foto do escritorKleber Del Claro

Nectários que alimentam e atraem formigas podem ter função dúbia na natureza.


Em um novo artigo, intitulado:

"Moura, R.F., dos Santos, L.R., da Costa Silva, V.M. et al. Extrafloral nectaries exhibit dual ecological functions in a plant from the Brazilian Cerrado. Arthropod-Plant Interactions (2023). https://doi.org/10.1007/s11829-023-09965-w"


Nectários Extraflorais (em inglês Extrafloral Nectaries, EFNs) são glândulas secretoras de néctar que não estão relacionadas com a polinização das plantas. Várias hipóteses, não mutuamente exclusivas, explicam a função ecológica dos EFNs. Nós nos concentramos na (1) hipótese de proteção, que prevê a atração de inimigos naturais pelo néctar extrafloral, proporcionando defesa indireta às plantas contra herbívoros, e na (2) hipótese de distração de formigas, que prevê a distração de formigas longe de herbívoros sugadores de seiva que secretam recompensas açucaradas (honeydew).

Nós buscamos testar ambas as hipóteses simultaneamente para compreender os papéis ecológicos relativos dos EFNs em uma planta do Cerrado brasileiro.

Manipulamos experimentalmente grupos de plantas de acordo com a presença ou ausência de EFNs e hemípteros durante dois anos de estudo de campo (2018 e 2019). Encontramos alguma evidência para ambas as hipóteses.

1. Nectários extraflorais reduziram os danos causados por herbívoros ao atrair formigas predadoras, embora plantas com ambos EFNs e hemípteros tenham apresentado a maior redução de herbivoria em 2018.

2. Nem a presença de EFNs ou de hemípteros foi associada a um aumento na produção de frutos.

3. O honeydew, que tinha concentrações de açúcar mais elevadas do que o néctar extrafloral, foi usado pelas formigas por períodos mais longos. No entanto, mais de 70% das formigas foram observadas se alimentando do néctar extrafloral em vez do honeydew.

Sugerimos que a quantidade relativamente alta de EFNs pode compensar a sua qualidade inferior (menor concentração de açúcar) e ainda reduzir o número de formigas que cuidam e protegem os hemípteros, mitigando, em última instância, o dano às plantas.

Em resumo, os EFNs podem se adequar a múltiplas funções dependendo do contexto ecológico.


Concluímos que os EFNs podem se adequar a mais de um papel ecológico em plantas (por exemplo, defesa indireta), fortalecendo a importância dessas estruturas para populações de plantas e possivelmente para comunidades de plantas. Também concluímos que os hemípteros produtores de honeydew não são intrinsecamente negativos para as plantas e, em certas circunstâncias, podem até promover as defesas indiretas fornecidas pelas formigas. Quanto às perspectivas futuras, o próximo passo é compreender como a quantidade relativa, a produtividade e o posicionamento de ambos os EFNs e dos hemípteros produtores de honeydew afetam as interações entre formigas, plantas e hemípteros.




Regenerate response

109 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page